Rui Nogueira

Follow

Empreendedor, Blogger e Co-Founder na Eddisrupt

Mar 19 2018

Como um bootcamp nos prepara para o mercado de trabalho

Se estás com interesse em saber como um bootcamp te prepara para o mercado de trabalho, neste artigo terás a opinião de 3 pessoas que frequentaram alguns dos Bootcamps existentes em Portugal e como isso os preparou/prepara para o mercado de trabalho.

Entrevistados

Todos queremos estar prontos para o mercado de trabalho mas nem sempre é fácil escolher qual a melhor forma de atingir esse objectivo. Algumas pessoas sabem desde o início que querem a área tecnológica, outras só o descobrem depois da licenciatura e ainda há quem desperte o interesse pela programação depois de alguns anos no mercado de trabalho.





Bartolomeu Rodrigues

Bartolomeu Rodrigues

Um antigo participante de um dos Bootcamps da Academia De Código, tem 23 anos, possui o 12º ano em Design Gráfico na António Arroio. Não sente falta do “canudo” e o seu trabalho fala por si. Já fez trabalhos para o Fablab Lisboa, Startup Lisboa e as imagens mensais do programa Trouble no Lux-Frágil. Atualmente é developer na Farfetch. Tem o objectivo de em 5 anos fazer produtos do zero. Importante dizer que é um fã de Node.js.





Hugo Alves

Hugo Alves

Participou no Bootcamp da Le Wagon há 1 ano atrás, veio de Castelo Branco para Lisboa para estudar Psicologia. Contudo, acabou por mudar para Social Media e ainda passou por Gestão De Produto onde obteve a sua formação. Diz ser feliz e ter o filho mais querido do mundo.





André Santos

André Santos

Atual participante do Bootcamp da Eddisrupt , tem 25 anos e é estudante de Mestrado na área da Engenharia Eletrotécnica e de Computadores. Com interesse nas áreas de Internet Of Things e Big Data. Já foi explicador de matemática e de físico-química. Em 2016 participou num projecto no UNINOVA-CTS e deu aulas práticas de Sistemas Lógicos durante 2 semestres na FCT.



Qual o maior desafio num Bootcamp?

É do conhecimento geral que num bootcamp o conhecimento é condensado e transmitido a um ritmo elevado. Isto deve-se ao tempo do respectivo curso. Nestes Bootcamps há o compromisso de preparar os integrantes ao nível de Junior Developers.

Um dos desafios sentidos pelo Hugo foi a velocidade exigida de aprendizagem. “É um ritmo bastante acelerado. Completamente diferente do ensino convencional.”

Contudo, para pessoas mais artísticas como o Bartolomeu, “ganhar o foco, disciplina, e mindset de um programador” foi o desafio.

Mas até as pessoas mais técnicas vão ter algumas desavenças. Tal como foi o caso do André que diz, “o maior desafio neste Bootcamp tem sido gerir o tempo que tenho que lhe dedicar fora das aulas”.



Estás Pronto Para o Mercado de Trabalho?

Eddisrupt ready

Um Bootcamp é uma ótima aposta para quem quer ter acesso a uma ensino de qualidade e uma perspectiva real do que se precisa de saber/dominar. Contudo, isso não significa que se possa parar de aprender quando se termina o respectivo curso.

O Hugo é um ótimo exemplo: “depende do que significa pronto. Senti que dominava o essencial mas que tinha muito caminho pela frente”.

Apesar dos Bootcamps assegurarem uma qualidade de ensino aliciante, há uma percentagem considerável que depende do participante. O Bartolomeu, quando terminou o curso, dizia que não se sentia pronto para o mercado. “A sensação que tinha é que só aprendemos o mínimo dos mínimos, e que 3 meses e meio é muito pouco”. Apesar disso, quando ele entrou no primeiro trabalho, a sensação que teve foi completamente a oposta.

Por sua vez, o André sente-se pronto para o mercado de trabalho. Apesar de acreditar estar pronto para entrar no mercado de trabalho, está ciente de que ainda há muito para percorrer, “Acredito que vou ter de continuar sempre a trabalhar no duro para ganhar mais experiência e ser melhor a cada dia.”

Qualquer Pessoa Tem Perfil Para Entrar Num Bootcamp E Tornar-se Developer?

Tal como em todas as áreas, há sempre pessoas com mais facilidade para determinada área, algo que o André reforça, “penso que há pessoas que têm maior aptidão para se tornarem developers, mas penso que o ponto mais importante seja o trabalho e a entrega”.

Os 3 entrevistados acreditam que o perfil de um participante pode ser eclético. O Hugo afirma que “capacidade de lidar com a frustração e perseverança” são requisitos obrigatórios para se participar nestes cursos e para se trabalhar na área.

Curiosamente, o Bartolomeu acredita que, “pessoal criativo até tem mais capacidades, visto que têm mais capacidade crítica e poder de previsão mais apurado”.

curso gratuito de programação Se ainda tens dúvidas sobre se tens o perfil certo nós preparámos-te o curso “Domina o básico da programação em 5 horas e lança o teu site gratuitamente!”.

É 100% gratuito e com ele vais conseguir compreender se te dás bem com a área ou nem por isso.

Vais aprender HTML, CSS, um pouco de JavaScript e ainda vais criar um site só teu! No fim vais criar um servidor muito simples e a fazer deploy do teu site usando o heroku.



Do Que Abdicaste Quando Entraste No Bootcamp?

Quando se entra num Bootcamp é importante estar ciente de que algumas situações vão mudar e que se vai ter de abdicar de algumas coisas.

O caso do Bartolomeu foi um tanto drástico. A Academia De Código é conhecida por ser super exigente, e, para que ele conseguisse corresponder às expectativas do Bootcamp, abdicou de, “redes sociais, amigos, artes, casa, saídas…” Por outras palavras tornou-se um verdadeiro eremita do código.

O Hugo também teve de se abster. “Quando fiz parte do Bootcamp, o meu filho tinha 1 ano e poucos meses e abdiquei de algum tempo com ele ”. Isto mostra a exigência do curso e a dedicação deste antigo participante.

Apesar do modelo praticado na Eddisrupt ser bastante diferente e vocacionado para estudantes e/ou trabalhadores, o André também teve de abdicar de algumas situações. “Abdiquei do meu tempo pessoal”. Contudo, acrescenta que acredita que o trabalho que teve compensou totalmente.



O Teu Tempo E Dinheiro Têm Sido Bem Investidos?

money

É bom que as 9 semanas (5,900€) da Le Wagon, as 14 semanas (6000€-2500€) da Academia De Código e as 24 semanas (165€ / mês) da Eddisrupt sejam proveitosas.

O Bartolomeu diz que, “ 2500 euros é uma brincadeira comparado com o que faço agora”. Ele ainda acrescenta, “ainda soa mais pequeno se pensar nas possibilidades e caminhos que tenho agora abertos”.

Apesar de o Hugo ter sido um “sortudo” por ter ganho uma bolsa, ele diz, “tentando ser o mais neutro possível e imaginando que tinha pago, acho um valor justo”.

Tal como todos os outros integrantes, o André acredita que tem feito um bom investimento, “se embarcasse nesta aventura sozinho gastaria muito mais tempo”, ele ainda acrescenta que se estivesse a aprender sozinho, “ ficaria com algumas lacunas na minha aprendizagem”. Por fim conclui dizendo que, “o Bootcamp apresenta-nos desafios constantes, o que torna a aprendizagem significativamente mais consistente”.



Quantas tempo trabalhaste fora de horas?

A esta altura já compreendeste que um Bootcamp transmite os conhecimentos de forma bastante condensada, o que significa que é preciso algo mais do que “picar o ponto”.

No caso do Bartolomeu, ele afirma que fazia “directas semanalmente” para que conseguisse atingir os objectivos a que se propunha.

Por sua vez o Hugo tem uma postura diferente. “Poucas, para ser honesto”. Isto acontece porque ele acredita que, “se te dedicares durante o dia ganhas mais do que compensar fora de horas”.

O André afirma ter trabalhado “cerca de 1:30h a 2h extra por dia. Aumentando para 2:30 a 3h nas últimas semanas do Bootcamp, pela altura do projeto final”. É de realçar que o Bootcamp da Eddisrupt está construído de forma a ser possível conciliar com a rotina escolar ou de trabalho.



Conselhos Para As Pessoas Que Querem Entrar No Bootcamp?

Eddisrupt advices

O Bartolomeu compreendeu bem a dinâmica da Academia De Código e aconselha: “não há meias medidas (...) Ou mergulham tudo ou não há nada para ninguém (...)”

Por sua vez, o Hugo sugere, “tentem sozinhos aprender qualquer coisa de programação antes. Dá-vos 2 coisas: alguma familiaridade com os conceitos e mostra-vos a importância de ter alguém ao vosso lado que vos ajude a “desbloquear” e vos possa explicar as coisas de forma diferente.”

O representante do nosso Bootcamp sugere que “trabalhem bastante e não desistam”. Por experiência própria alerta que, “vão perder bastante tempo para resolver um pequeno erro e vão sentir-se frustrados”.

Para além do nosso a curso gratuito , (“Domina o básico da programação em 5 horas e lança o teu site gratuitamente!”) escrevemos o artigo "O que precisas de saber para programar a próxima app", nele vais descobrir tudo o que precisas de dominar para criares as tuas Apps.



Qual A Imagem Dos Empregadores De Alguém Que Sai De Um Bootcamps?

Existe alguma controvérsia neste tema. Algumas pessoas dizem que os Bootcamps não preparam bem os seus participantes. Contudo, a imagem que estes antigos alunos possuem é bastante diferente.

O Hugo admite que há divisão de opiniões. “Alguns são aversos a quem quer que seja que não tenha formação académica”. Na perspectiva dele a razão é simples, “boa parte deles a teve, não conseguem imaginar um mundo diferente”. Por outro lado, há aqueles que estão cientes de que “ser um developer é uma aprendizagem constante”, por isso dão imenso valor “a vontade de aprender e querer ficar melhor no que se faz”.



Qual A Dificuldade De Arranjar Emprego?

Eddisrupt job

Numa área onde existe uma procura tão acentuada a resposta já é um pouco “suspeita”. Mas qual o nível de dificuldade para alguém saído de um Bootcamp?

Segundo o Bartolomeu, ele encontrou um emprego na “semana logo a seguir. E ainda rejeitei ofertas”.

Por sua vez, a experiência do Hugo é um pouco diferente. Quando ele terminou o Bootcamp, voltou à sua profissão anterior, gestor de produto. Ele entrou no Bootcamp com o pressuposto de melhorar as suas skills. “O Bootcamp foi uma mais valia porque o meu trabalho diário envolve comunicar com developers e resolver desafios ligados ao desenvolvimento (...)".

O André ainda está no Mestrado e, como tal, ainda está por vir a “corrida” no mercado. Apesar disso, ele diz que, “no início pode ser um desafio” mas que mesmo assim se sente preparado e encara o futuro com otimismo.



Qual O Ponto Mais Positivo Que Retiras Da Tua Experiência No Bootcamp?

Depois de uma estadia intensiva no “mundo do código” muito se recolheu dos vários episódios.

O Bartolomeu conseguiu obter 2 capacidades de enorme valor na área, “Ganhei foco e uma auto estima enorme”. Estas skills permitem-lhe “pegar em qualquer livro técnico e começar a construir mais um ramo na minha árvore de conhecimentos”.

O representante da Le Wagon possui uma visão mais saudosista, “as memórias que ficam são mais ligadas à experiência”. Ele afirma que a estadia de quase 3 meses é algo que impossibilita o esquecimento “das pessoas com quem partilhamos esses momentos”.

O André salienta também a experiência que teve no Bootcamp, “a convivência e o espírito de entreajuda entre colegas foi realmente um fator muito importante nesta experiência”.



Conclusão

Apesar de um Bootcamp não dar um “canudo”, é uma ótima opção para quem procura uma formação com a filosofia “Learn By Doing”. Tendo em conta a informação partilhada pelos entrevistados, conseguimos compreender que o mercado está receptivo tanto a pessoas com um background técnico como a alguém que tenha tido o seu primeiro contacto como o código através de um bootcamp.

O paradigma do mercado está a passar por uma mutação onde se começa a dar cada vez mais importância a pessoas que sabem resolver problemas, independente do facto de terem o 12º ano em Artes ou o Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores. O Importante é ter a capacidade de encontrar as soluções para os dilemas encontrados.

Posto isto, se procuras fazer um shift ou aprofundar os teus conhecimentos na área, um Bootcamp pode ser uma ótima opção para atingir esses objectivos.






Bootcamp Programação

Full-Stack Developer

Lisboa | 1 Março 2019

Depois de fazeres o nosso bootcamp de programação um jedi ao pé de ti será uma criança! Descobre como em 24 semanas podes tornar um full stack developer.

Bootcamp Programação
Fullstack Developer

Lisboa | 1 Março 2019

Depois de fazeres o nosso curso de programação um jedi ao pé de ti será uma criança! Descobre como em 24 semanas te tornas um full stack developer.

saber mais